Cuanto Puedas (Konstantinus Kavafis)

img53/3950/kavafisqc3.jpg

Y si no puedes hacer tu vida como la quieres,
en esto esfuérzate al menos
cuanto puedas: no la envilezcas
en el contacto excesivo con la gente,
en demasiados trajines y conversaciones.

No la envilezcas llevándola,
trayéndola a menudo y exponiéndola
a la torpeza cotidiana
de las compañías y las relaciones,
hasta que llegue a ser pesada como una extraña.

– Konstantinus Kavafis –

Retirado de "Cien Poemas", de Kavafis. Tradução castelhana de Miguel Castillo Didier [pesquisa de preços]
(Atenção a como a tradução conserva as rimas) 
Anúncios

3 comentários sobre “Cuanto Puedas (Konstantinus Kavafis)

  1. Os poemas de Kaváfis não são exatamente rimados.
    Às vezes os versos terminam com as mesmas palavras.
    Mas eu gostei da tradução. 🙂

    Re: Com certeza, mas é interessante notar que certas traduções não conservam as rimas. Daí a chamada de atenção… Muito embora, em matéria de Kavafis e grego, fico mesmo ao léu, submetido à traição do tradutor…

  2. Às vezes, com os mesmos radicais de particípio.
    A rima parece mais um efeito da repetição.
    Priscila, A anidropodotecae platus – chata de galocha 😛

    Você conhece Angelos Sikelianos?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s