Como solucionar os problemas do trânsito

Alguns dias atrás, um programa de televisão entrevistou uma "psicóloga do trânsito". Na entrevista, constatou-se que um dos problemas principais do excesso do trânsito implicava a presença de muitas pessoas, com vidas e aspirações diferentes, justaporem-se em um lugar comum.
 
Quais seriam as receitas para evitar problemas no trânsito?, perguntou a repórter. A psicóloga enunciou três receitas possíveis: primeiramente, o motorista deve pensar em sua própria vida, fazer uma auto-reflexão e examinar seus sentimentos. Em segundo lugar, deveria não apenas pensar sobre a vida presente, mas também no passado. O que o levaria a agir tão mal, diante dos outros automóveis que se espremem na pista? A terceira dica não precisou de mais delongas: deve-se viver mais "na natureza".
 
Enfim, os problemas do trânsito não envolvem nada relacionado à indústria automobilística, ao pouco investimento público em estradas e transporte público, à ausência de fiscalização, à péssima formação de condutores, e aos diversos tipos de aumento populacional. A culpa é toda do transeunte, que anda irritado demais.
 
***
Mas se é um problema estarmos sempre justapostos em locais com excesso de pessoas, um estudo pode auxiliar nosso comportamento adequado. Na Inglaterra, tipificaram as figuras que dividem espaço conosco, nos elevadores.
 
Ainda não descobriram o segredo que faz certos lugares não terem fila nenhuma, enquanto em boa parte das cidades de São Paulo (e outros lugares, é claro) as filas oferecem uma distância vital tão pequena, tão nariz-no-cangote, que exigiria um bom estudo etológico.
 
***
Mas se algo disso é problema geral, descobriu-se outra receita: reprimir sentimentos relativos a problemas coletivos pode, sim, aliviar traumas 😉 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s