Ainda contra a lei de Azeredo

O Sergio Amadeu continua escrevendo sobre a lei de Azeredo, que coibe diversas liberdades individuais na internet.

Com o intuito de pegar pedófilos e piratas, a lei mira no galho podre da árvore (uma parcela de usuários criminosos), e corta o tronco: inibe diversas liberdades, do uso do IPOD, à circulação de informações e redes P2P; e implica vigilância sigilosa de todas as atividades dos usuários pelo provedor privado.

Imaginemos, nesse Brasil varonil, as consequências: arbitrariedades dos provedores na vigilância; arbitrariedades no entendimento das grandes empresas, e no julgamento sobre o que é pirataria; proteção aos "criminosos" privilegiados (alguém acredita que o sobrinho do senador Azeredo, ao copiar seus mp3, vai para a cadeia?)…

Vale ler o blog do Amadeu por ele analisar diretamente o texto da lei. Vale assinar a Petição online.

E vale lutar contra essa lei, por ela ameaçar tudo o que se refletiu sobre hipertexto nos últimos 15 anos.

Anúncios

5 comentários sobre “Ainda contra a lei de Azeredo

  1. Sou contra a lei de Azeredo, mas faço uma pergunta: além do sobrinho de Azeredo, v. realmente acha que alguém vai para a cadeia por copiar uma mp3 para um tocador?

  2. Se do jeito que está já vi fóruns de P2P serem fechados pela justificativa de “pirataria”, imagine como ficará quando se pode condenar criminalmente nesses termos duvidosos!

  3. O segredo da internet, caro Catatau, é tal qual Ave Fênix. Pode fechar…

    (aliás, baixei recentemente a “Complete Mozart Edition” da Philips. mil libras na Amazon.co.uk, heh. que o Azeredo venha me prender, aqui!)

    Informação, como defendem os bons libertários de direita, não tem de ter copyright, tem de ser livre (sem copyleft nem nada) e ponto.

  4. Grande Catatau,

    o Gravataí (http://www.interney.net/blogs/imprensamarrom/)comenta quase todo o texto da lei. Caso seus comentários tenham alguma pertinência, estão exagerando o alcance da lei (na verdade, não é a lei de Azeredo, pois o texto orginal sofreu muitas modificação. Só de Mercadante foram dez emendas).

    Há uma polêmica, nos comentários, entre Gravataí e Pedro Dória, ao meu ver, esclarecedora.

    Confesso que fiquei balançado.

    abração

  5. Olá, gostaria de saber como fica quem baixa coisas pelo rapidshare, mediafire?
    isso é considerado Bit torrent ou não?
    Obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s