O Velho e o Mar, de Aleksandr Petrov (1999)

img204/9378/091943092459tpp5.jpg

A animação abaixo, da autoria de Aleksandr Petrov, é uma adaptação de O Velho e o Mar, de Hemingway. Com duração de 20 minutos, consiste em um conjunto de 29000 pinturas justapostas. Tudo feito artesanalmente (!).

O fórum do Eudes disponibilizou referências do filme para download, em formato rmvb e avi. Abaixo, a animação no youtube (sugestão: não ver a animação abaixo e fazer diretamente o download em versão avi, ou arriscar o início para ver a grandiosidade do trabalho, e depois apreciá-lo em alta resolução ;)).

***

Children of Men (2006): Já comentamos algumas vezes sobre esse longa. Belo filme, na forma e no conteúdo. Infelizmente, muito pouco divulgado por aqui.

Sinopse: 2027. Não se sabe o motivo, mas as mulheres não conseguem mais engravidar. O mais novo ser humano morreu aos 18 anos e a humanidade discute seriamente a possibilidade de extinção. Theodore Faron (Clive Owen) é um ex-ativista desiludido que se tornou um burocrata e que vive em uma Londres arrasada pela violência e pelas seitas nacionalistas em guerra. Procurado por sua ex-esposa Julian (Julianne Moore), Theodore é apresentado a uma jovem que misteriosamente está grávida. Eles passam a protegê-la a qualquer custo, por acreditar que a criança por vir seja a salvação da humanidade. 

História das Coisas (2008): Um pequeno documentário, já na linha de outros comentários estereotipados, sobre a cadeia mundial entre produção e consumo de bens e valores. Talvez a vantagem seja mostrar tudo em linguagem simples, na linha dos administradores. Se isso for uma vantagem de fato, possíveis espectadores talvez descubram que existe um universo gigantesco e insidioso ao redor das linguagens gerenciais 😉 Versão em português aqui.

Vincent (1982): Curta de Tim Burton, é uma pequena animação, com menções a escritos de Edgar Allan Poe.

Anúncios

5 comentários sobre “O Velho e o Mar, de Aleksandr Petrov (1999)

  1. Tive a felicidade de ver O Velho e o Mar no cinema, numa dessas mostras do Anima Mundi.

    Mas, mais lindo até que esse, é o filme posterior dele, Meu Amor, que eu não sei se foi lançado no Brasil. Falado em russo e baseado na obra de um escritor russo do século XX pouco conhecido no Brasil, é uma viagem deslumbrante, psicodélica, que já nos cinco primeiros minutos já te deixa totalmente rendido.

    Uma das melhores animações que eu já vi. E usa a mesmíssima técnica: milhares de aquarelas pintadas em vidro.

    RE: Marcus, que deslize o meu!
    “Meu Amor” também consta no Forum, também em rmvb e avi, neste endereço.

  2. Os caras também colocam senha no arquivo…. putz… meu descompactador não permite inserir senha…

    Se tiver um link mais livre, manda para nós!

    Abração.

    RE: Salve Marcio!
    Olha, de fato deve-se fazer o cadastro para os links, mas vale muito a pena, não apenas por esse filme, mas por tudo o mais que tem por lá. O forum é recomendadíssimo 😉
    Que descompactador vc usa? Na própria pagina tem a senha, utilizando o winrar pode-se descompactar normalmente
    Abração,

  3. Fala Catatau,

    Então, mudei de descompactador, agora deu tudo certo. Já vou levar comigo para ver no avião!

    De fato, o fórum é muito, muito bom. Vou até cancelar a TV a cabo aqui em casa rsrssrrssrrs

    Abração e tudo de bom!

  4. Tenho o livro e acho a história tão linda, porém muito calma…Tem que ler somente pelo prazer de ler um belo texto. Verei o filme, depois digo o que acho 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s