Música, sensação

Quando ouço uma música que me toca e que estava atrelada a você ou a um lugar, noto que não é a sua pessoa que me atinge com a música e não é o lugar que volta à tona com a canção. A música me faz ter é uma sensação…, uma sensação que passou por você ou que passou pelo lugar, mas que não é nem você, nem o lugar. Não é mais, portanto, uma questão de recordar o passado, mas sentir tudo no agora, neste instante. A música e a sensação têm vida própria. E essa sensação me acompanha em meio a essa canção que me invade. O que ficou, o que é presente, é a sensação que me embrulha os sentidos por meio dessa canção. Por isso a sensação não é você, nem é o lugar. O lugar não está mais lá. Você não mais existe. Não anseio mais repetir você ou o lugar. O que busco é o que encontrei na sensação que emergiu do encontro do lugar, de você e da canção.
Dos devires do Prof. Eduardo Simonini, nessa infinita highway.
Anúncios

3 comentários sobre “Música, sensação

  1. Cara, eu já admirava teu blog, e obviamente, você. Saber que tens bom gosto musical é bem importante pra mim.

    Aproveito para indicar, se bem que talvez já tenhas lido, a matéria sobre o Miles Davis da PIAUI desse mês.

    Um abraço,
    André

    RE: Olá André,
    Obrigado pela dica, não tinha visitado ainda! Será que eles fecharam geral a visita, aberta apenas para assinates? Obrigado também pela visita
    um abraço,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s