Robert Fisk: the clichés go on for ever

Ame ou odeie, Robert Fisk tem uma virtude inegável (ou um requisito mínimo?): a atenção que ele dá, como jornalista, às palavras

 Clichés are poison. They seep into our language like defoliants, pesticides that reside in our imagination, slowly destroying our power to express ourselves by dehumanising language, by industrialising speech. Newspaper and television reporting are to blame. We are all guilty. So why do we insult you, reader? And why do you put up with this?

Some of this claptrap has been around for years. Catholics are always "devout", Protestants (the Northern Ireland version, at least) inevitably "staunch". Bitterly hostile antagonists are always "foes" or "arch-foes". New dictatorial laws – the new press laws in Iran, for example – are always "draconian" (poor old Draco), while secret policemen (the Gestapo, the Shah’s Savak, the Afghan Khad, the Syrian mukhabarat, the present-day Iranian Etelaat) are always "dreaded". Needless to say, the Israeli secret police – who also torture and murder – tend to be "elite" or (my favourite) "second to none". The point about all these words, of course, is that we do not use them in conversation. We never ask a Catholic if they are "devout" or describe a vexatious next-door neighbour as an "arch-foe". [texto integral]
Mais ainda: ele sempre nota, turrão e sarcástico, como o uso das palavras nunca é inofensivo. Nunca a descrição transparente de um "fato". Os clichês trabalham enquanto se interrompem os tanques e as armas;  mas não são também a garantia de que se trata apenas de uma pausa?
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s