“O Maranhão não suportava mais nem queria”

O Maranhão não suportava mais nem queria o contraste de suas terras férteis, de seus vales úmidos, de seus babaçuais ondulantes, de suas fabulosas riquezas potenciais com a miséria, com a angústia, com a fome, com o desespero das corridas que não levam a lugar nenhum senão ao estágio do que o homem de carne e osso é o bicho de carne e osso.

O Maranhão não quer a desonestidade do governo, a corrupção nas repartições e nos espaços (públicos). O Maranhão não que a violência como instrumento da política para banir direitos os mais sagrados que são o da pessoa humana com a impunidade dos assassinos garantida pelos delegados e a liberdade garantida a penas como uma oportunidade para abastardar os homens.

O Maranhão não quer mais a coletoria como uma caixa privada a angariar dízimos inexistentes para inexistentes arcas reais que não são inexistentes (!) porque se podem pronunciar os nomes dos beneficiários identificados ao longo desses anos de corrupção. (…)

Esse é um trecho do muito oportuno documentário de Glauber Rocha (garimpado por Pedro Doria, junto a essa outra passagem importante), produzido em 1966, sobre a eleição de Sarney ao governo do Maranhão. Trecho falado por Sarney no discurso de posse (e reproduzido com mais detalhes no imperdível informe, com referências, do Miudo e Cruzado).

Tom de "mudança", em 1966.

Como iremos mudar a face do Maranhão?

***

Vários anos depois, uma coisa, em todo caso, é certa. O repentino surto de "ética" do senado, resumindo em Sarney uma crise não se esgota nele, não é apenas o indício?

Anúncios

3 comentários em ““O Maranhão não suportava mais nem queria”

  1. que situação a nossa. lembrando que estão organizando uma passeata neste sábado as 14h no MASP-SP vai acontecer em outros Estados também. procurem se informar sobre o local!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s