Kennedy Alencar entrevista Lula

Tem uma hora na sua vida em que você é todo principista. E tem uma hora que você, sem abdicar dos seus princípios, tem que fazer a política real. E você só pode mudar a política real se você participa dela, pois de fora você não muda. (…)

O poder, presidente, corrompeu o PT? 

Não. Primeiro, você não pode confundir o PT, que é o maior partido de massa da história desse país, com o erro que alguma pessoa possa ter cometido, é preciso separar isso. (…) E essa história do mensalão ainda vai ser esclarecida (…) É a maior armação já feita contra um governo. (…) Porque tem uma parte da elite política empodrecida nesse país que não estava habituada à alternância de poder. E eu sou a alternância de poder.

Lula concede uma bela entrevista a Kennedy Alencar, na Rede TV. Nela, saltam aos olhos vários elementos sobre suas táticas de governo. Dentre elas, as alianças polêmicas com vários figurões da política tradicional.

Na citação acima, Lula dá o tom: o PT não corrompeu os princípios; manteve-os, mesmo que em função da "política real".

Em outra metáfora, Lula compara esse jogo "real" de alianças com as figuras de Jesus e Judas. Se Judas mantém votos decisivos, cabe estrategicamente buscar esses votos, para a realização dos princípios.

Os fins justificam os meios? A pergunta fica no ar. De um lado, discutimos o tema de certas alianças com dinossuaros da política, como Sarney. De outro, salta aos olhos o discurso mais concentrado no consumo interno do que no famoso "corte de gastos", resultando em reportagens como essa. Mas certamente, como Lula bem atenta, não se pode falar de fins sem  encarar efetivamente os meios da política brasileira "real". 

***

E com capa do filme vindouro, já se vende o livro "A História de Lula – Filho do Brasil"

Anúncios

Um comentário sobre “Kennedy Alencar entrevista Lula

  1. Alguém lê essa coluna? Afinal, mais propaganda a favor do governo pra quê?
    A impressão que se tem é que Lula é tratado como um messias, não como um político. E que o senhor está rezando a missa direitinho…
    PR – curitibano.

    RE: Ué, onde está a propaganda?
    Penso que o buraco é bem mais embaixo, a respeito dos modos de governar o Brasil. Mas ficaria feliz de ver onde eu “rezo a missa”, você pode apontar a passagem? 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s