Devires – A virtualidade mutante

As discussões de Passenger e Vera fazem falta (ou melhor, excesso).

Devires – a virtualidade mutante… Atrair, repelir, incitar, rechaçar, suscitar, recusar, resistir, provocar, desejar… Forças soltas, livres, selvagens – a música silenciosa que faz dançar. O amor pelo desconhecido, que une Passenger e Vera, não é o amor dela por ele, um desconhecido, nem o amor dele por ela, uma desconhecida. É o amor, a paixão pelo aberto disso que eles fabricam – o que estão vivendo e escrevendo – e que os está dobrando, duplicando, avessando. Esse devir outro, essa singularização os joga no centro de uma virtualidade mutante – eles não sabem para onde estão indo e onde/se chegarão. E não se preocupam. Vale, para eles, a viagem, o processo de ir. Tudo arriscam pela vertigem, pela fúria de experimentar, pela vontade de saber. Destroçar, morrer? Que importa isso? O que um dia importou isso, se há esse vazio denso à frente para ser penetrado, maior que o medo da morte? Se há essa outra força de produzir-se que ultrapassa o "eu", e que não é amorosa, ou política, ou estética, ou ética, mas que é tudo isso ao mesmo tempo agora?

Lúcidos e embriagados de si mesmos, eles sabem: se não quiserem ser capturados, congelados pelo tempo, presos em passados que convivem uns dentro dos outros como camadas, Passenger (o guerrilheiro) e Vera (a terrorista) terão de se jogar no futuro, inventando-o.

É Passenger quem diz:

– Vera e Passenger sofrem e compõem uma grande historia deste nosso tempo de zeros e uns, uma historia que não poderia ter sido escrita antes, uma historia nova. Não importa quantos leiam e entendam, é uma historia nova. Sofrimento e dor online. Lida por muitos, entendida por raros.

"Devires" é esta história.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s