Dois livros

1) Sobre Marcus Aurelius, a Life, de Frank McLynn:

(…) Between the hyper-intellectual abstractions of university philosophers and the calculating, materialistic schemes of self-help gurus, lies another philosophy. This is the philosophy of the ancients, of Marcus Aurelius. It is a practice that intends to help individuals answer life’s great metaphysical questions in both material and spiritual terms: What is my place is the world, the cosmos? What is the purpose of existence? How do I live a good life? What is happiness and how do I achieve it? (…)

2) Sobre CommonWealth, de Toni Negri e Michael Hardt:

 Com efeito, todo o último livro da trilogia pode ser lido como uma sinfonia, pautada pela repetição de motivos rítmicos e melódicos, ao redor do tema do amor revolucionário. Isto é, do comum. Commonwealth consiste assim num tratado de democracia radical, numa reedição contemporânea da Política arquetípica, dividida em seis partes densamente discursivas, entremeadas por seis ensaios mais leves e de imaginação livre (De Corpore, De Homine e De Singularitate, cada qual subdividido em dois capítulos). A orquestração retorna muitas vezes às mesmas cadeias argumentativas, porém sobre territórios discursivos diferentes, que vão da ontologia à antropologia, da filosofia da história à geopolítica, da ética à economia política. Logo, corta em diagonal os campos do conhecimento, em total transdisciplinariedade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s