Cabos eleitorais na internet

Em época de eleição, todo mundo vê e sabe que os cabos eleitorais estão por todo lado.
 
Uma novidade, entretanto, é sua presença nos blogs e no twitter. Não há candidato sem cabos eleitorais nesses instrumentos.
 
E como eles operam? É muito curioso, por exemplo, ver o twitter reproduzindo, copiando, simulando a mesma linguagem empregada nos chavões eleitoreiros, nas faixas de rua, enfim nas antigas práticas politiqueiras do Brasil.
 
Pergunta trivial: quanto ganham? É legítima tal atuação, fazer campanha em sites da internet?
 
Por exemplo, faz isso o @_Betowitter, um twitter ligado ao candidato Beto Richa, do PSDB do Paraná. Qualquer leitor constata lá a presença de um cabo eleitoral, pelos motivos seguintes: a página existe exclusivamente para a campanha, todo o conteúdo opera voltado ao candidato, não há discussões, apenas motes e chavões eleitorais, com palavras de ordem e fórmulas de rápida (?) memorização (?).
 
Perguntamos ao _betowitter quanto ele recebe para fazer campanha. A primeira resposta foi: "um estado melhor!" E apertando um pouco mais, vem a pérola, digna de um "novo Paraná" (sic):
 Perguntei quanto @_Betowitter ganha para fazer campanha para Beto Richa.Resposta digna da campanha http://twitter.com/_Betowitter/status/21849434370
 
Todo mundo sabe que um cabo eleitoral recebe fazendo campanha. Mas… e quando se trata da internet e o cabo eleitoral nega (ou não esclarece ou responde desse modo), como isso deve ser lido?
***
 
E talvez alguns leitores se lembrem de antigas discussões entre Idelber Avelar  e alguém que deveria ser José Agripino.
 
Primeiramente, utilizavam o próprio twitter do político para responder em nome de Agripino. Depois, um dos escritores, auto declarado "filósofo", confessou tratar-se de cinco escritores, na verdade assessores do político. Com as críticas, geraram outro twitter chamado "equipe Agripino".
 
E essa equipe? Em que consiste? Quais são suas atribuições? E o twitter, enquadra-se em que tipo de atribuição?
 
Seria interessante ler a resposta, ainda mais sabendo que o mesmo endereço que servia a assessores hoje faz campanha para o candidato.
Anúncios

2 comentários sobre “Cabos eleitorais na internet

  1. A minha resposta para eles é não votar no playboy. Que Deus tenha piedade do paraná (assim mesmo, com minúscula). Sai uma administração porca e entrará outra pior ainda. Para governador, votar em quem?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s