Dois textos interessantes sobre as eleições

Dois textos interessantes:

1) No Idelber Avelar, Ricardo Lins Horta põe 5 argumentos desmistificando diversos chavões contra o governo Lula:

Tópico 1: Não é verdade que houve "aparelhamento da máquina administrativa" na Era Lula;

Tópico 2: Não é verdade que "houve mais corrupção no governo Lula"; pelo contrário, os últimos 8 anos foram marcados por um combate inédito a esse mal;

Tópico 3: Não é verdade que "a economia foi bem no governo Lula só porque este não mudou a política econômica de FHC";

Tópico 4: Não é verdade que o governo Lula "enfraqueceu as instituições democráticas"; pelo contrário, hoje elas são muito mais vibrantes e sólidas;

Tópico 5: A campanha de José Serra é baseada nas fanáticas campanhas da direita norte-americana, daí o perigo de referendá-la com seu voto.

A fundamentação dos tópicos está toda lá. O texto desafia o leitor discordante a fazer algo raro nestas eleições: contra-argumentar.

2) O Diego Viana também escreveu um ótimo texto no Amálgama, destinado aos "PSDBistas". Título: "O dever moral do PSDB". Ele circunscreve o sentido histórico de partidos como o PT e o PSDB na redemocratização brasileira, passa depois à história do PSDB e analisa seu momento atual de aliança com o PFL e mudanças no estilo e consequências de suas ações.

(…) o PT e o PSDB são partidos enraizados profundamente naquilo que se convencionou chamar de “Nova República”. São os dois principais partidos surgidos das cinzas da hecatombe militar, de que o país saiu mutilado, emburrecido e na bancarrota. Talvez sejam os únicos partidos verdadeiramente novos de alguma relevância: o PDT é o novo PTB, o PFL é a Arena, o PMDB continuou sendo ele mesmo e assim por diante. PT e PSDB, não. São partidos cujo significado é profundamente dependente dessa república. Esses dois partidos não fazem sentido, não existem como tais, sem a observação e a defesa rigorosa dos valores republicanos, recuperados no país com a constituinte de 1988. (…)

Anúncios

Um comentário em “Dois textos interessantes sobre as eleições

  1. “A campanha de José Serra é baseada nas fanáticas campanhas da direita norte-americana, daí o perigo de referendá-la com seu voto.”

    É bem isso, caro Catatau.

    Faz muito tempo que se diz que, “o mal dos liberais brasileiros é que copiam apenas os defeitos dos norte-americanos”.

    Sem dúvida nenhuma que o povo norte-americano possui grandes qualidades, mas, por incrível que pareça, aquilo que há demais deplorável, mais torto e defeituoso no grande povo do norte, é o ideal dos “liberais” brasileiros.

    RE: O que me parece interessante nisso tudo, Patriarca, é que um liberal que segue os princípios do liberalismo votaria em Dilma: não foi o governo Lula, muito mais do que o FHC, que favoreceu o consumo interno e portanto a liberdade e iniciativa individuais? E não me refiro propriamente ao plano real, mas aos investimentos sociais e ao Bolsa Família

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s