Uma epidemia de doenças mentais e a patologização da existência

Vale ler o artigo A epidemia da doença mental, de Ellen Machado Rodrigues e Pedro Tourinho.

O artigo tenta reunir e resumir argumentos de três autores, Robert Whitaker, Irving Kirsch e Daniel Carlat, em torno do boom das psicopatologias desde o nascimento da exploração comercial dos psicofármacos. Conforme os três autores, há uma relação ainda não esclarecida entre as novas doenças mentais e a explosão populacional dos "doentes" de um lado e a indústria terapêutica de outro, cujo fundo não se encontraria simplesmente nas imprecisões ou incompletudes de uma "ciência terapêutica".

Anúncios

2 comentários em “Uma epidemia de doenças mentais e a patologização da existência

  1. Comecei a leitura do artigo atentamente, parágrafo por parágrafo, e terminei fazendo uma leitura dinâmica ultra rápida que me deixou deprimido pois o duende que mora comigo não parava de falar. Assim prevejo mais uma noite sem dormir.
    Há remédio prá mim, doutor?

    RE: Sei não, mas do jeito que as coisas andam, logo os duendes farão um sindicato. Ou melhor, os sindicatos saíram de moda e duendes combinam mais com trabalho precário. :p
    Agora, de minha parte achei especialmente interessante o que o tal Whitaker disse sobre a noção de “anormal” aplicada à atividade dos neurotransmissores. Ele fala sobre uma operação lá dos anos 50 que permanece até hoje, provavelmente passando pelas diversas atualizações da psicofarmacologia e até pelas “décadas do cérebro”. Fiquei na dúvida se é por aí mesmo, mas gostaria de ver tanto o argumento quanto suas possíveis (ou não) refutações.

  2. a uma olhadinha no Livro Negro da Psicanálise. No capítulo que fala sobre o uso de drogas para tratar dependencia em heroína e a resistência dos psicanalistas franceses.

    RE: Seria interessante ver um parecer do Ricardo Cabral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s