O jornal mudou de tom sobre o trabalhador

Uma notícia para a história do esquecimento: hoje o Jornal Hoje divulgou uma notícia com o tema "quando não há mão de obra qualificada no mercado de trabalho, este deve investir em qualificação".

O tema acima representaria certa mudança de tom essencial, caso algum jornalista ou historiador das relações entre mídia e política tivesse algum interesse: depois de anos, a linha editorial do Jornal Hoje mostra uma matéria sobre trabalho e emprego não voltada à necessidade de qualificação do candidato, mas à necessidade do empregador, do mercado oferecer a formação desejada.

Desde há muito tempo, especialmente no governo FHC e na ondas das privatizações, mas também passando pelo governo Lula, o discurso da Globo prezou a qualificação individual, o investimento privado na própria formação. Como se o "mercado" fosse uma espécie de templo sagrado no qual inúmeros indivíduos devessem se inclinar, esperando algum desígnio oferecedor de condições mínimas de vida (uma tese anti-liberal, caso se encare o liberalismo como um sistema no qual a iniciativa individual já é garantida).

O que mostra: se não mudou propriamente o estatuto da não formação do trabalhador (sua necessidade e o "templo" de condições mínimas de vida continuam lá), mudou certo discurso da imprensa sobre como tal estatuto pode efetivamente mudar. Certa fatia (grande, por sinal) da imprensa começou a reconhecer que a tese do investimento de iniciativa individual não funciona, quando não há propriamente incentivo à iniciativa individual. Daí, nesse novo momento do Brasil, a necessidade de que esse incentivo ocorra (meses atrás, alguns analistas chegaram a dizer: o governo Lula foi o primeiro governo "capitalista" do Brasil, isto é, o primeiro a colocar dinheiro na mão da iniciativa individual – o tema é caricato, mas aponta ao tema deste informe…).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s