Marco Aurélio e os “encontros”

“Afirmamos que tais fatos “se encontram” em nossa vida, como os operários dizem que as pedras quadradas dos muros e das pirâmides “se encontram” quando se adaptam umas às outras em determinada posição. Em resumo, porque há uma combinação única.”

(Marco Aurélio, Meditações, Livro V, VIII)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s