Agindo pelo não-agir

Livro interessante de Edward Slingerland, “Effortless Action – Wu-wei as conceptual Metaphor and Spiritual Ideal in Early China“.

Como se sabe por aqui (ou talvez, nem tanto), o Wu-Wei, traduzido por “agir pelo não-agir”, é um dos motes centrais do Taoísmo, filosofia chinesa (VI a. C.) que acabou se contrapondo (e se misturando) com o confucionismo.

Por aqui, recebemos os motes do Taoísmo sob certos motivos românticos, um pouco misturados com pensamento New Age. Aquela velha fórmula de uma fonte originária, não-discursiva, fundamento do mundo contra a maldosa razão ocidental.

O estudo de Slingerland às vezes parece com isso, por exemplo quando ele propõe uma “filosofia da espontaneidade” contra nosso maldoso racionalismo.

Por outras vezes, parece recuperar certos tons orientalistas um pouco mais… honestos? Enfim, segue informe sobre Slingerland aqui, e aqui um artigo preparatório de seu livro. Aqui, segue a referência de sua dissertação.

Dentre a fortuna, especialmente interessante é a recente descoberta de documentos antigos de filosofia taoísta, inscritos em bambus:

Hence the preoccupation with wu wei, whose ancient significance has become clearer to scholars since the discovery in 1993 of bamboo strips in a tomb in the village of Guodian in central China. The texts on the bamboo, composed more than three centuries before Christ, emphasize that following rules and fulfilling obligations are not enough to maintain social order.

These texts tell aspiring politicians that they must have an instinctive sense of their duties to their superiors: “If you try to be filial, this not true filiality; if you try to be obedient, this is not true obedience. You cannot try, but you also cannot not try.”

Enfim, os anos 1990 não são tão recentes, mas não deixa de ser alguma novidade. 🙂

Para o leitor brasileiro, ainda vale um lembrete: há pouco a Editora da Unesp lançou uma esperada edição do Tao Te Ching.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s