Bento XVI afirma que Ressurreição é ”verdade histórica”

img329/1549/ressurrection1db9.jpg
 

Notícia incrivelmente ressonante com o pequeno texto sobre a Páscoa. Nas palavras de Bento XVI,
"A ressurreição é uma verdade fundamental da nossa fé, cuja verdade histórica está amplamente documentada, apesar de hoje, como no passado, não faltar quem coloque em discussão e, inclusive, a negue"
(…) "Se enfraquece a fé na ressurreição de Jesus, se enfraquece o testemunho dos fiéis"
(…) "A adesão do coração e do espírito ao Cristo morto e ressuscitado muda a vida e ilumina toda a existência das pessoas e dos povos".
O que retorna àqueles dois elementos comentados: a ressurreição (para o fiel) não é uma espécie de metáfora, mas um evento "histórico", efetivo, real; e um acontecimento como esse pressuporia uma conversão total ("muda a vida") do fiel.
 
Em termos breves, trata-se de um tudo ou nada: é a isso que a ICAR chama a atenção, e é diante disso que as fés titubeiam. Diferente das outras religiões e místicas, o cristianismo não depende da fé nos ensinamentos, mas na fé em um fato; os ensinamentos estão todos ligados a esse fato. 
 
*** 
Nas traduções para o português, é incrível notar o pouco realce dado à noção de "verdade histórica". Inclusive em boa parte dos informes as aspas passaram batidas, e alguns dizeres do Papa foram encurtados. É como dizer que certos jornalistas que traduziram a notícia não compreenderam o que estava em jogo…
 
***  
Anúncios

6 comentários sobre “Bento XVI afirma que Ressurreição é ”verdade histórica”

  1. Se o meu blog é feito com paixão, este é feito com quê?
    Amigo, fiquei aqui um bom tempo lendo os teus posts.
    Ficaria muito mais tempo se não tivesse que tratar do Zoo.
    E aqui, em Lisboa, já é de madrugada. Tenho que ir.
    Até mais logo.
    Para já, vais para a minha lista branca :)))

    Um abraço e bom fim de semana

    Ah, já me esquecia: tenho que agradecer ao Meandros ter-me trazido até aqui.

    RE: É, de fato foi uma boa ressonância: tinha acabado de por o Zoo nos liames, e encontro esse comentário aqui, rsss
    um abraço,

  2. Lembra aquele livrinho de Cristologia? Lá dizia que a ressurreição era um evento que transcendia a história, ahistórico.

    RE: Não recordo, o que isso significa? E diante do dizer do Papa?

  3. Esse metafísico ñ é muito entendido pelo povão… aliás… se o católico fosse seguir todos os preceitos da Igreja… ñ existiria um só católico!!! Principalmente no Brasil o sincretismo é enorme!!!

  4. .
    O que é isso da verdade histórica?
    A que, ao tempo,
    alguém se lembrou de escrever num qualquer livro ou desenhar numa qualquer pedra?
    É verdade… ou não é?
    Um abraço

    RE: That´s the point!
    A questão é que, diante de pescadores e carpinteiros, ninguém “documentou” o fato. Os primeiros escritos datam de anos depois, quando as comunidades cristãs já eram consolidadas. Com exceção de alguns escritos, são compilações da tradição de cada comunidade. Daí haverem tantos evangelhos, inclusive apócrifos. Então a questão da verdade histórica não é tão fácil.
    Mas o Papa se atentava a outro detalhe: não a verdade da existência de Jesus, mas de sua ressurreição.
    um abraço,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s